segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Jogos de tortura e mutilações, agora em 3D!

Fui ao cinema para assistir mais um filme 3D, sim, mesmo sabendo que sempre passarei mal depois da sessão. Eu ainda acredito que mais cedo ou mais tarde, isso vai passar. O filme da semana foi Jogos Mortais VII ou como foi chamado no Brasil, Jogos Mortais: final ou Jogos Mortais 3D. 

Logo de início, só pra não perderem o costume, aquelas cenas cheias de mutilações e banhos de sangue. Mortes e armadilhas cada vez mais engenhosas e criativas. Algumas cenas os pedaços de corpos são jogados na platéia juntamente com muito sangue e cenas ricas em detalhes. O efeito 3D ajudou muito no realismo das cenas. Não vejo a hora de todos os filmes serem gravados e distribuídos em 3D e espero que nessa época eu tenha me acostumado ou inventem um remédio para o mal estar que eu sofro. 

O filme foi se desenrolando e com o tempo as mortes sangrentas foram diminuindo a medida que a história foi sendo contada. Nessa hora estava tão concentrado e ligado com a história que me esqueci que não estava legal. A trilha sonora do filme é um show a parte, ouço aquela música, a música tema (essa) já esperando qual armadilha será apresentada, quem estará nesse jogo, se ele ou ela vai sobreviver? 

Após 7 filmes a história foi toda contada, não numa ordem lógica, não iriam facilitar a nossa vida. Nos filmes anteriores a confusão é feita quando o John morre e depois volta, o que na verdade nunca ocorre, é tudo uma questão temporal e a falta de linearidade dos filmes. Para quem, assim como eu, não foi capaz de decifrar e ordenar todos os acontecimentos sozinhos, aqui vai uma dica. https://sites.google.com/site/cronologiasaw/pagina1 Nesse site, eles fazem uma cronologia completa da série, não na ordem que os eventos aparecem nos filmes e sim na ordem correta de tempo em que os eventos aconteceram. 


Logo que o filme acabou fiquei com a sensação de vazio, por saber que agora não terá mais uma sequência (assim acredito). Tive essa mesma sensação ao assistir Matrix Revolutions, Senhor dos Anéis - O retorno do Rei, dentre tantos outros filmes seqüenciais. Mas por outro lado dá um alívio de saber que enfim acabou e a história, mesmo confusa, conseguiu ser explicada, concluída de forma coerente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário